Para barrar a lei da mordaça: APES indica envio de Carta aos parlamentares da Comissão

01/11/18

A votação do parecer referente ao Projeto de Lei no 7180/14 – Escola sem Partido foi adiada para a próxima semana. Desta forma, encaminhamos às professoras e aos professores de nossa base a Carta Aberta aos Parlamentares da Comissão Especial, elaborada pelo ANDES-SN.
Indicamos às professoras e aos professores de nossa base o envio da Carta Aberta aos parlamentares da Comissão Especial, cuja lista de e-mails segue abaixo.

Para acessar a carta, clique aqui.

Para acessar a lista de e-mail dos parlamentares que compõem a comissão, clique aqui.

 

Reunião da Frente Nacional Escola sem Mordaça

Além da carta, a Frente Nacional Escola sem Mordaça irá se reunir hoje, 1º de novembro, na sede do ANDES-SN em Brasília (DF) a partir das 14h. A reunião irá avaliar o adiamento da votação do PL na comissão e preparar os próximos passos da resistência ao projeto de censura.

“Vamos discutir o relançamento dessa frente, que ficou parada por um tempo. Diante da nova situação de ataques e ameaças às universidades, que colocam a educação sob mira, estamos avaliando que é necessário rearticular a frente. Dar outro formato a ela, que permita ampliar a intervenção a partir dos grupos que estão mais organizados. Vamos incorporar de maneira mais dinâmica o Movimento Por Uma Educação Democrática, do qual faz parte o professor Fernando Penna”, afirma Raquel Araújo, 1ª tesoureira do ANDES-SN e uma das coordenadoras do Grupo de Trabalho de Política Educacional (GTPE) do Sindicato Nacional.