Sinserpu realiza paralisação e ato público em protesto contra Prefeitura Municipal de Juiz de Fora

08/01/19

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sinserpu) realizou, na manhã de hoje, terça feira 08 de janeiro, uma paralisação com ato público no Parque Halfeld, em frente a Câmara Municipal, em protesto ao atraso do pagamento do 13º salário e a crescente precarização das condições de trabalho de boa parte dos servidores municipais.

A promessa da Prefeitura de Juiz de Fora é de que o pagamento dos servidores ocorra normalmente hoje e de que o 13° seja pago em duas parcelas, nos dias 18 de janeiro e 15 de fevereiro, segundo a previsão anunciada em 18 de dezembro e confirmada pelo prefeito Antônio Almas.

Além disso, em vista do atraso, os servidores lutam por conseguir junto ao Executivo Municipal que o desconto de 10% no pagamento à vista do IPTU seja estendido para eles até fevereiro, data em que o 13° seria quitado.

Com a recente liberação do repasse de mais de R$ 400 milhões do Governo Federal para o Estado de Minas, os servidores esperam que o pagamento dos salários seja regularizado pela prefeitura de Juiz de Fora.

“O ataque aos servidores públicos e aos serviços públicos cresce a cada dia no país. A situação relatada por diversas categorias de servidores municipais chega a ser alarmante, desde as condições de precarização da rede de urgência e emergência da cidade, passando pela redução continuada do orçamento para a AMAC, até a situação de déficit na EMPAV. Para agravar a situação dos servidores, ao final de 2018, inicia-se o processo de atraso de pagamento de salários pela prefeitura. As diversas falas no ato destacaram que é fundamental a mobilização para resistir aos ataques e intensificar a luta pelos direitos. A APES se solidariza à luta dos servidores municipais de Juiz de Fora”, disse Augusto Cerqueira da direção da APES.