Temer volta atrás e disse que vai adiar reajustes do funcionalismo para 2020

31/08/18

O presidente Michel Temer decidiu voltar atrás e vai adiar, para 2020, o reajuste salarial que seria pago em 2019 aos servidores da União. É o que foi noticiado na imprensa nesta sexta feira.
Temer repensou a decisão depois de ouvir apelo da equipe econômica para fechar as contas.
Ocorre que o acordo firmado em 2015 determina uma reestruturação das carreiras de docentes federais para 2019, o que geraria pequenos aumentos em alguns níveis. Resta saber como o governo vai considerar a questão.