8M organiza bloco feminista em Juiz de Fora

12/02/19

No dia 21 de fevereiro o 8M, coletivo de movimentos feministas, ocupará a Praça da Estação com o bloco Filhas da Luta, em Juiz de Fora. O objetivo é aproveitar o momento de festa para envolver ainda mais pessoas na resistência ao Governo Bolsonaro. Este ano, o bloco conta com a parceria do Comuna Que Pariu, bloco que milita há dez anos no Rio de Janeiro. Mulheres que tocam instrumentos estão convidadas a compor a bateria. O encontro está marcado para às 18h.

O bloco Filhas da Luta faz parte da construção da greve geral no dia 8 de março. A participação da base tem sido crescente desde a primeira edição da Greve Internacional das Mulheres, em 2017. Desde então, a APES vem apoiando as iniciativas do 8M na cidade, em atos e atividades contra a desigualdade, a opressão e as reformas que prejudicam a classe trabalhadora. Assim, o sindicato convida professores e professoras a participarem de mais este dia de luta.

Docentes do ANDES-SN aprovaram a construção da Greve Internacional das Mulheres no 38º Congresso. Leia aqui