Acompanhe as notícias da greve docente

  • Reading time:5 mins read

 

Semana foi marcada pela mobilização docente contra os ataques à educação
Na segunda-feira, professoras e professores do IF Sudeste MG e da UFJF deflagraram a greve da categoria por tempo indeterminado em protesto contra a PEC 55. O Movimento teve início nesta sexta feira, 25 de novembro.

Clique aqui para ver a semana na APES na APESTV

foto-deflagracao2
Docentes reunidos em assembleia

Na terça-feira, a APES, em conjunto com entidades de trabalhadores e estudantes, esteve na Câmara Municipal para a Audiência Pública que debateu a MP 746 que desmonta o Ensino Médio

rubinho-na-camara

Na quarta-feira, a Comissão de Mobilização se reuniu para o debate sobre as ações da categoria em conjunto com outras entidades

clg

Na sexta-feira, professores e professoras do IF Sudeste MG e da UFJF participaram da mobilização que ocupou as ruas de Juiz de Fora, com estudantes e trabalhadores contra a PEC 55 e os ataques à educação. No início da manhã, docentes e estudantes se manifestaram no portão São Pedro da UFJF e desceram em passeata na direção da Câmara Municipal de Juiz de Fora, onde outras entidades já aguardavam. Logo após, todos saíram pelo centro da cidade portando cartazes e gritando palavras de ordem em defesa da educação.

fotos-manifestacao-25-de-nov
Fotos das manifestações nesta sexta feira

 

 

Docentes de Juiz de Fora participam de manifestação em Brasília na terça feira

    Um ônibus com docentes da UFJF e do IF Sudeste MG parte de Juiz de Fora, na segunda-feira à noite, para as manifestações que devem ocorrer na capital federal na terça-feira contra a aprovação da PEC 55 no Senado em primeiro turno de votação.

 

Com 39 instituições paralisadas, docentes instalam Comando Nacional de Greve
APES instalou Comando Local de greve nesta sexta
Em reunião na tarde dessa sexta feira, 25 de novembro, professores e professoras da UFJF e do IF Sudeste MG instalaram o Comando Local de Greve. As reuniões deverão ser diárias.

copmando-local-de-greve
Docentes reunidos no Comando Local de Greve

ANDES instala Comando Nacional de Greve

Na manhã dessa quinta-feira, 24 de novembro, foi instalado na sede do ANDES-SN, em Brasília (DF), o Comando Nacional de Greve (CNG) da Greve Nacional, por tempo indeterminado, de docentes das Instituições de Ensino Superior Públicas da Carreira Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT) e do Magistério Superior contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55/2016 e contra a Medida Provisória (MP) 746/2016. O CNG é composto por representantes de todas as seções sindicais e comandos locais de greve.

Até a manhã dessa quinta, docentes de pelo menos 39 instituições (veja lista ao final do texto), entre institutos e universidades federais e universidades estaduais, já haviam aderido à paralisação. Diversas seções sindicais estão com assembleias agendadas para decidir sobre a deflagração da greve nos próximos dias. Essa é a primeira greve unificada dos dois setores representados pelo ANDES-SN – professores federais e estaduais de ensino superior -, desde a greve contra a Reforma da Previdência, em 2003.

A greve dos docentes acontece em articulação com os demais setores da Educação: técnico-administrativos das universidades federais e docentes e técnico-administrativos dos institutos federais representados pela Fasubra e Sinasefe, respectivamente, além das diversas greves e ocupações estudantis.

O ANDES-SN já comunicou o Ministério da Educação e o Senado Federal sobre a deflagração da greve. Docentes de mais de 30 instituições já iniciaram a paralisação (veja lista ao final). Os demais realizam assembleia para deliberar se aderem ou não ao movimento grevista.

Confira a agenda:
28/11 – Dia de atividades no Senado.
29/11 – Marcha Nacional à Brasília: Ocupa Brasília.

quadro-greve