Acompanhe todas as atividades da greve

  • por

 

Comando Local de Greve redige carta endereçada a docentes do IF Sudeste MG e da UFJF


Professores reunidos no CLG em 11 de agosto

APES participa de assembleia  do Sintufejuf
com presença do Pró Reitor de Planejamento e Gestão da UFJF

Representantes do Comando Local de Greve estiveram presentes, na manhã dessa quarta feira, 12 de agosto, à assembleia geral do Sintufejuf que contou com a presença de Alexandre Zanini, Pro Reitor de Planejamento e Gestão da UFJF.
Na reunião, o professor Joacir Teixeira de Melo, Presidente da APES fez um informe das atividades de mobilização docente. O professor Zanini fez uma explanação sobre os cortes realizados no orçamento da UFJF e respondeu a dúvidas dos presentes.
Na primeira foto, o professor Joacir Teixeira de Melo dá os informes na assembleia do Sintufejuf que contou com o presença do Pro Reitor de Orçamento e Gestão da UFJF, na segunda foto.

Reuniões com os três segmentos marcaram o segundo dia da greve docente no IF Sudeste MG

Na terça-feira, 11 de agosto, representantes dos professores, técnicos-administrativos e estudantes do Campus Juiz de Fora do IF Sudeste MG se reuniram para avaliar o transcurso da greve, apresentar e debater suas reivindicações específicas e tratar da articulação de um movimento em defesa da instituição em face dos cortes de verbas que se processam no presente ano letivo.
Pela manhã, no Anfiteatro do Bloco A, os professores realizaram a sua 2ª reunião de mobilização e analisaram as propostas em discussão acerca das Diretrizes para Planejamento das Atividades Docentes (DIPAD –  Campus Juiz de Fora) e da Regulamentação das Atividades Docente (RAD – Reitoria).
Esta reunião contou com a presença do presidente da APES, professor Joacir Teixeira de Melo (ICH/UFJF), que apresentou informes sobre o movimento grevista e garantiu o apoio integral da entidade aos professores do IF Sudeste MG em seu esforço para que o estabelecimento de parâmetros para o planejamento das atividades docentes. A regulamentação das atividades docentes deve ser fruto de um processo democrático, de fato, e que respeite e garanta o direito de progressão, sem imposição de metas produtivistas e/ou ranqueamento de docentes. Como principal deliberação da reunião, os professores presentes resolveram encaminhar uma solicitação à comissão que elabora a minuta de RAD (Reitoria) para que esta paralise totalmente os seus trabalhos enquanto persistir o movimento grevista no Campus Juiz de Fora.

 

“Movimento em defesa do IF Sudeste MG – Público, gratuito, inclusivo e de excelente qualidade”,

Na parte da tarde, o Comitê de Mobilização dos professores do IF Sudeste MG se reuniu com o Comando de Greve dos técnico-administrativos e com representantes das entidades estudantis que representam os estudantes do Campus Juiz de Fora.
Na primeira parte do encontro, representantes desses três segmentos acadêmicos avaliaram as repercussões iniciais da suspensão do calendário letivo no Campus e expuseram suas reivindicações e problemas mais imediatos. A seguir, procuraram estabelecer pontos comuns de reivindicações, deliberando ao final do encontro pela formação do “Movimento em defesa do IF Sudeste MG – Público, gratuito, inclusivo e de excelente qualidade”, com a realização de uma campanha de esclarecimento em torno das consequências do brutal corte de verbas que a instituição experimenta atualmente.
Um novo encontro desses representantes foi agendado para a próxima segunda-feira, 17 de agosto, na sala D-205 do Campus, quando serão discutidos a realização de uma série de atividades (políticas, culturais, desportivas) em solidariedade às greves dos técnicos-administrativos e dos docentes e para exigir mais verbas para a educação federal. A reunião será aberta à participação de todos. Participe!!!

 


Docentes reunidos no IF Sudeste MG com Comando de Greve dos Técnicos Administrativos e com representantes das entidades estudantis do Campus Juiz de Fora do IF Sudeste MG

 

CLG esteve em São João Del Rei em manifestação das IFE Mineiras

Docentes e Técnicos Administrativos das Instituições Federais de Ensino de Minas Gerais estiveram em São João de Rei em manifestação pela abertura de negociações, contra os cortes orçamentários e por melhores condições de trabalho e salário. A manifestação percorreu as ruas do centro da cidade com discursos e faixas e contou com a presença de docentes da UFJF e do IF Sudeste MG
Docentes das IFE de Minas Gerais protestam nas ruas de São João Del Rei