ANDES divulga nota criticando negacionismo do governo federal na questão da vacinação de crianças e adolescentes

  • Reading time:2 mins read

O ANDES-SN divulgou nesta terça-feira, dia 04 de janeiro, nota favorável à vacinação de crianças e adolescentes, criticando o governo federal por estar realizando campanha explícita contra a vacinação, lançando dúvidas sobre sua eficácia e possibilidade de efeitos adversos, além de gerar confusões entre liberdade de escolha individual e estratégias para a saúde coletiva. 

A nota condena a decisão de  subordinar a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra Covid-19 ao resultado de consulta pública. Para o sindicato, a medida fere princípios básicos de saúde coletiva.

O texto critica ainda o negacionismo do governo federal frente às evidências científicas: “É muito grave que o Poder Executivo – representado pelo Presidente da República e seu Ministro da Saúde – coloque em dúvida decisões pautadas em evidências e dados científicos. A fabricante apresentou dados de estudos fases 1, 2 e 3 sobre a vacinação de crianças, além da farmacovigilância em vários países, com aplicação de mais de 5 milhões de doses para essa faixa etária”.

Clique aqui para ler a nota na íntegra