ANDES publica nota em solidariedade a docentes da UNILAB

  • Reading time:2 mins read

Docentes respondem Processo Administrativo Disciplinar instaurado de forma abritrária

O ANDES-SN publicou nesta quinta-feira, 24 de setembro, uma nota em solidariedade  à(o)s professore(a)s da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), que estão respondendo Processo Administrativo Disciplinar (PAD) instaurado de forma arbitrária.

Como informa a nota, em 2019, após a decisão lgbtfófica pelo cancelamento do Edital nº 29/2019 da
UNILAB, que tratava de seleção específica para candidato(a)s transgênero(a)s e
intersexuais nos cursos oferecidos pelos Campi Ceará e Bahia, diverso(a)s estudantes,
técnico(a)s e docentes protestaram contra a ingerência do governo federal e da reitoria
que acatou a pressão dos setores fundamentalistas religiosos.

A administração superior da UNILAB instaurou processo administrativo disciplinar (PAD) contra docentes que se manifestaram naquele contexto, que de forma arbitraria, tenta criminalizar a livre manifestação do contraditório.

“É preciso que seja intensificada em cada Universidade, Instituto Federal e CEFET, a defesa do ensino público, gratuito, democrático, laico, de qualidade e socialmente referenciado, assim como a liberdade de pensamento. Não aceitaremos agenda reacionária, autoritária e ultraliberal.”, afirma a nota da diretoria do ANDES-SN.

Acesse na íntegra aqui.