ANDES-SN divulga nota de repúdio à perseguição sofrida por Erika Suruagy, vice-presidente da ADUFERPE.

  • Reading time:2 mins read

A Diretoria Nacional do ANDES-SN divulgou na manhã de hoje, 10 de março, nota de repúdio à perseguição à Associação dos Docentes da Universidade Federal Rural de Pernambuco, ADUFERPE que teve sua vice- presidente, Erika Suruagy, intimada a depor  junto à Polícia Federal, em inquérito criminal resultante de sua militância política, como demonstração da constantes medidas autoritárias voltadas ao estrangulamento das liberdades civis e democráticas no país.

A intimação foi resultante de uma denúncia de um outdoor realizado pela seção sindical, ADUFERPE, com uma foto do presidente Jaír Bolsonaro, com as frases “O senhor da morte chefiando o país / No Brasil, mais de 120 mil mortes por COVID19 / # FORABOLSONARO”, em manifestação ao descaso do presidente, durante a pandemia da COVID-19, que tem  matado quase duas mil pessoas diariamente no Brasil.

Esta perseguição vem acompanhada de muitas outras que têm marcado a vida docente no país, como é o caso dos termos de ajustamento de condutas, assinado pelo ex-reitor da Universidade Federal de Pelotas, após supostas ofensas a Jair Bolsonaro, denunciadas pelo deputado Bibo Nunes, do PSL.

Confira a nota aqui.