ANDES-SN, Fasubra e Sinasefe exigem demissão do Ministro da Educação

  • Post author:
  • Post category:noticias

Nesta quarta-feira, 23 de março, ANDES-SN, Fasubra e Sinasefe publicaram uma nota conjunta exigindo a demissão imediata do ministro da Educação, Milton Ribeiro. A cobrança das entidades representativas do setor da Educação vem após a revelação, em veículos da imprensa brasileira, de um esquema criminoso de distribuição de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), para obras, creches e escolas municipais.

O áudio divulgado pela Folha de São Paulo revela uma articulação dos pastores Gilmar Santos, presidente da Convenção Nacional de Igrejas e Ministros das Assembleias de Deus no Brasil, e Arilton Moura, assessor de Assuntos Políticos da entidade, dentro do MEC. No áudio, o Milton Ribeiro declara que irá privilegiar os amigos do pastor Gilmar, a pedido de Bolsonaro.

Para as entidades, a farra com recursos do FNDE no esquema, que está sendo chamado de “Bolsolão do MEC”, é inadmissível e deve ser imediatamente investigado com rigor. “Os recursos do fundo devem ser destinados para ações de reestruturação e modernização das instituições de ensino, para garantir assistência estudantil a estudantes de baixa renda, ampliar o número de escolas, investir em pesquisa e contratar professores, e não para beneficiar a construção das igrejas”, acrescenta. Confira aqui a nota.

Leia matéria do ANDES-SN aqui