ANDES-SN se reuniu com nova diretoria da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior

  • Reading time:3 mins read

O ANDES-SN participou, na manhã da última quinta-feira (06), de uma reunião com a nova diretoria da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes). O encontro virtual, chamado pela Andifes para apresentação dos novos dirigentes, contou também a participação de representantes da Fasubra, Proifes e UNE.


Antonio Gonçalves, presidente do ANDES-SN, explica que a reunião possibilitou um bom debate de conjuntura e também troca de informações e experiências. O diretor do Sindicato Nacional apresentou a leitura da categoria docente sobre o governo genocida de Jair Bolsonaro, a política negacionista e anti-ciência que predomina nos ministérios, em especial da Saúde e da Educação, a preocupação com o cenário econômico de aumento de desemprego e aprofundamento da pauperização da classe trabalhadora, as medidas e projetos de lei, em especial os voltados para a Educação, que estão tramitando nesse período de pandemia.

“Falei também sobre o acúmulo que temos no debate sobre ensino remoto e EAD, explicitei a nossa posição política contrária à substituição do ensino presencial pelo ensino remoto, reforcei o caráter excludente das propostas que estão sendo implementadas nas Ifes, da necessidade de utilizarmos plataformas digitais públicas para as atividades virtuais e a necessidade de intensificarmos a pressão pela revogação da Emenda Constitucional 95, o que me pareceu consenso entre as entidades. Destaquei, ainda, os ataques aos serviços públicos e aos servidores e a importância de nos posicionarmos contrários a essa intensificação do desmonte do Estado e da educação pública. Fizemos um bom debate de conjuntura”, detalhou o presidente do ANDES-SN.

De acordo com Gonçalves, além da possibilidade de diálogo entre as entidades, outro ponto positivo da reunião foram as informações trazidas pelo novo presidente da Andifes, Edward Madureira Brasil, reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG), sobre a reunião entre a entidade e o novo ministro da Educação, Milton Ribeiro.

“A nova diretoria da Andifes informou que solicitou, e rapidamente foi atendida, uma reunião com o novo ministro da Educação, Milton Ribeiro. Nessa reunião, o nível da conversa mudou em comparação com o [antecessor Abraham] Weintraub. O novo ministro tem uma postura muito mais dialógica, de buscar entendimento com as entidades”, contou.

Leia matéria completa no site do ANDES