APES convoca professores e professoras que queiram participar em Brasília da mobilização contra a PEC 32

  • Post author:
  • Post category:noticias

A APES está buscando representantes que tenham interesse em integrar as mobilizações que estão se desenrolando diariamente em Brasília na busca por barrar a PEC 32. Aqueles que tiverem interesse em participar das mobilizações devem enviar e-mail para faleconosco@apesjf.org.br, colocando a sua disponibilidade e contato telefônico atualizado.

Mobilização entra em sua 8ª semana

Servidores Públicos de todo o país se mantêm firmes na luta contra a PEC 32, que pretende destruir o Serviço Público e atacar trabalhadores e trabalhadoras. Representantes de sindicatos e entidades de todos os estados já estão na oitava semana de protestos, que teve início na quarta-feira (3), com ato público no aeroporto de Brasília. O objetivo era pressionar parlamentares a se posicionarem contrários à Reforma Administrativa. A mobilização seguiu na parte da tarde, no anexo II da Câmara dos Deputados, onde houve uma vigília e continuaram na quinta-feira, no Espaço do Servidor.
Os servidores têm ressaltado que a pressão do governo sobre os parlamentares tem se dado pela oferta de liberação de emendas. Por isso torna-se necessário que todos os trabalhadores afetados diretamente e indiretamente pela proposta, mantenham a pressão em suas bases sobre deputados e senadores para barrar a proposta, lembrando a todos que, caso a PEC 32 seja aprovada, o posicionamento de cada um deles será lembrado nas urnas em 2022.

Panorama
De acordo com a apuração da Frente Parlamentar Mista do Serviço Público, formada por parlamentares da Câmara e do Senado, até o dia 3 de novembro, 232 deputados e deputadas manifestaram serem contrários a PEC 32, 230 favoráveis e 51 estão indecisos. PSL (36), PP (33) e PL (29), são os partidos com o maior número de votos a favor da PEC.

Para aprovar uma PEC são necessários votos de, pelo menos, 3/5 dos deputados e das deputadas, ou seja, 308 votos a favor, nos dois turnos da votação. Já no Senado, são necessários 49 votos, também em dois turnos. Caso o texto enviado ao Senado seja alterado, a proposta volta para ser apreciada novamente na Câmara dos Deputados. Acesse aqui o mapeamento dos votos

Plenária de Servidores e Servidoras
Para planejar os próximos passos da mobilização, servidoras e servidores realizarão uma Plenária Nacional no próximo dia 13. Organizada pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) e pelo Fórum das Centrais Sindicais, o encontro reunirá trabalhadores e trabalhadoras das esferas municipal, estadual e federal. Cliquei aqui para inscrição.

Com informações do ANDES-SN

Foto ANDES-SN