APES defende que mudanças na carga horária de cursos do IF Sudeste MG sejam discutidas com comunidade

  • Reading time:2 mins read

O Fórum de Dirigentes de Ensino – FDE propôs ao Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica – CONIF o estabelecimento de diretrizes ou parâmetros gerais para a oferta de Cursos Integrados como política prioritária de educação profissional na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica – Rede Federal de EPCT. A proposta é resultado de um Grupo de Trabalho que elaborou um documento com dados dos cursos integrados na Plataforma Nilo Peçanha – PNP; dos Fundamentos e base legal dos Cursos Integrados; da reflexão sobre os cursos integrados no FDE – documentos de 2016 e 2017;  além dos parâmetros gerais para os Curso Integrados na Rede Federal de EPCT. A proposta deve estar em pauta no IF Sudeste MG e a APES expressa sua preocupação com a necessidade de se discutir seu conteúdo com toda a comunidade, já que alguns direcionamentos que visam a recomposição de sua matriz orçamentária podem precarizar as condições de trabalho docente e prejudicar a qualidade dos cursos ao diminuir suas cargas horárias, limitando sua integração humanizada, retirando matérias, em um retrocesso a configurações de cursos que existiam antes da criação do Instituto.

Clique aqui para baixar a minuta com as diretrizes