Apes e Sintufejuf organizam de evento sobre o dia da Consciência Negra

  • Reading time:2 mins read

Foi realizado ontem, 20 de novembro, dia da Consciência Negra, um evento para marcar a data, na sede administrativa do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino no Município de Juiz de Fora (Sintufejuf). O ‘Café com Debate’ teve como tema “Os desafio da luta antirracista na atual conjuntura política” e contou com a presença da referência do movimento negro em Juiz de Fora, Adenilde Petrina, militante do Coletivo Vozes da Rua, filósofa e doutora honoris causa da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). O evento foi realizado conjuntamente pelo Sintufejuf e pela Apes.

Estiveram presentes, o presidente do Conselho Municipal para a Promoção da Igualdade Racial (COMPIR), Rogério Silva e o ex-vereador de Juiz de Fora Jucélio Aparecido José Maria. Representando o Sintufejuf, a segunda secretária do sindicato, Maria Ângela Costa, e como representante da Apes, o segundo secretário, Jalon de Morais Vieira.

Jalon ressaltou a importância de participar de eventos como esse, que promove o debate sobre o racismo na conjuntural atual. “Nesse momento, onde a gente consegue enxergar uma onda conservadora que vem se avolumando, a gente precisa ter uma atenção maior, encontrar maneiras de estabelecer unidade, se mobilizar, criar movimento, se articular e ter estratégia pra definir algumas ações  que venham a proporcionar uma condição melhorada. Além disso, lutar para não perder tudo aquilo que nós já conseguimos até hoje.” afirma Jalon.