APESJF discute questão do Auxílio-Transporte urbano

  • por

Em reunião realizada em 11/10 com professores interessados na questão do Auxílio-Transporte, a Diretoria da APES, juntamente com sua Assessoria Jurídica, comunicou aos presentes sobre o parecer da reitoria a respeito do Auxílio-Transporte urbano.

Em audiência, a Pró-Reitora de Recursos Humanos da UFJF, Jackeline Fayer, informou que o pagamento do Auxílio-Transporte urbano àqueles professores que têm domicílio em outro município, que consiste no transporte entre a rodoviária e a UFJF, só poderá ser pago caso os professores apresentem o comprovante de deslocamento de sua cidade até a rodoviária de Juiz de Fora.

Os professores que estejam regularmente fazendo essa comprovação, e que ainda assim não receberam o auxílio devem entrar em contato com o sindicato, para que se possa apresentar nominalmente essa demanda aos órgãos competentes da UFJF.

Foi informado ainda que o Dr. Leonardo está acompanhando o andamento do Mandado de Segurança impetrado na Justiça Federal ainda sem resposta. Sobre esse atraso, foi discutida a possibilidade de uma denúncia junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e todas as suas possíveis implicações.