Assembleia debateu reajuste do plano de saúde

  • por

               Docentes da UFJF e do IF Sudeste MG se reuniram na manhã de quarta feira, dia 22 de outubro, para debater o plano de saúde APES/UNIMED. Apesar de faltarem apenas duas assinaturas para a obtenção do quórum, professores e professoras indicaram, para a Diretoria da APES, buscar a Administração Superior da UFJF, no sentido de discutir a possibilidade de uma ação conjunta que possa tratar o plano da UFJF e o plano da APES de uma forma equilibrada, sabendo que os dois contam como operadora a UNIMED, com o objetivo de, a curto prazo, dar ainda mais solidez ao grupo.
A assembleia recusou a proposta de reajuste da operadora, que pleiteia 50,41%, indicando que o contrato deve ser cumprido, ou seja, o reajuste deve ater-se à sinistralidade, gerando um índice de 30,91%. A UNIMED propôs também mudanças no contrato, modificando o índice de sinistralidade, para efeito de reajuste, para 65% e o desligamento de um associado que apresentasse 30 dias inadimplência. Ambas as propostas foram rejeitadas.
Professores e professoras ressaltaram também a possibilidade de uma ação na justiça contra a UNIMED, caso o impasse sobre a reabertura do plano persista e as ações junto à  Administração Superior não avancem.
Durante os assuntos gerais, a partir do pedido da assembleia de discutir os critérios para a promoção para Professor Titular, a diretoria informou que já havia levado a questão ao Reitor em recente audiência de apresentação da nova diretoria e que o assunto estará em discussão no sindicato, com inclusão de seu debate em próxima assembleia.

Veja matéria da APESTV sobre a assembléia


Fotos da assembleia que discutiu plano de saúde