Campanha “10% do PIB para Educação Pública, já!” pode ganhar apoio da OAB

  • por

Buscando fortalecer e ampliar a luta a luta pela aplicação imediata de 10% do PIB para educação pública, o Comitê Nacional da campanha “10% do PIB para Educação Pública, já!” convidou a Ordem dos Advogados do Brasil a aderir ao movimento, em Juiz de Fora a APES participa do comitê local em defesa da causa.

No dia 17/10, representando o Comitê, os diretores do ANDES-SN, Hélvio Alexandre Mariano e Mauricio Alves da Silva, se reuniram com presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Dr. Ofhir Cavalcante, na sede a OAB em Brasília (DF).

Os diretores do Sindicato Nacional frisaram a importância do apoio da OAB para a luta em defesa de maiores investimentos na educação pública. Hélvio Mariano lembrou que centenas de entidades e organizações de trabalhadores já assinaram o manifesto de apoio à campanha “10% do PIB para Educação Pública, já!” e reforçou mais uma vez o pedido de participação da OAB no movimento.

Segundo Mariano, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil se comprometeu a levar o tema para a próxima reunião da entidade, que está agendada para o dia 26 de outubro. “A entrada ou mesmo declaração de apoio da OAB à campanha dá mais força ao movimento. O presidente da OAB se mostrou muito receptivo e acho difícil a entidade ser contra uma luta que é de todos”, conta.

Na oportunidade, os diretores do ANDES-SN entregaram ao Dr Cavalcante kit contendo material da campanha “10% do PIB para Educação Pública, já!” e também a revista comemorativa dos 30 anos do Sindicato Nacional. “A publicação sobre os 30 anos do ANDES-SN mostra que a luta por mais investimentos na educação pública é uma bandeira histórica da nossa entidade e de vários movimentos sociais, o que legitima ainda mais a adesão da OAB à campanha”, observou Mariano.

Campanha “10% do PIB para Educação Pública, já!”

Além da petição online (veja aqui), diversas entidades que participam da campanha estão coletando assinaturas em abaixo-assinado espalhados por todo o país. Confira o manifesto.

Na última reunião do Comitê Nacional, realizada no final de setembro, foi mantido o indicativo de realização de um plebiscito popular em novembro com a seguinte questão: “Você é a favor do investimento de 10% do Produto Interno Bruto do Brasil para a educação pública já?”.

O próximo encontro ampliado da coordenação executiva da Campanha acontece no dia 24 de outubro, na sede do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro (Sepe – RJ).

Fonte: ANDES-SN