Campanha salarial e Conad extraordinário

  • por

O presidente da APES, professor Joacir Teixeira de Melo, destacou dois pontos importantes, deliberados pelo 34º Congresso  do ANDES, que devem ocupar a pauta dos docentes das IFE de maneira mais urgente: a campanha salarial unificada com os Servidores Públicos Federais (SPFs), que tem como índice central a reposição inflacionária de 27% e a realização do Conad extraordinário, que vai debater a atuação do ANDES dentro da Central Sindical e Popular Conlutas. Ambos os assuntos deverão constar de assembleia marcada para o dia 17 de março, `as 9h, na sede da APES, no campus da UFJF.
Joacir ressalta que muitos problemas são comuns entre as diversas categorias que compõem os SPFs o que unifica a luta. “A tática de forçar a negociação baseada na reposição salarial tem jurisprudência e já obteve sucesso antes, já que é baseada em preceitos constitucionais. O índice é uma média das perdas de todas as categorias e representa uma base sobre a qual queremos negociar”, explica.  O 34º Congresso aprovou os pontos dessa campanha. “A mobilização dos servidores tem consistência e agora vamos movimentar o debate com a categoria”.

Conlutas
Outro ponto importante, deliberado pelo congresso, é a discussão mais profunda sobre a relação dos docentes com CSP  Conlutas à qual o ANDES é filiado. “Nós temos que discutir com a categoria sobre a necessidade de uma relação mais orgânica com a Central. Para isso, precisamos do acúmulo”.   A Conlutas realiza seu Congresso em junho. Assim o ANDES decidiu pela realização de um CONAD Extraordinário para discutir o tema entre os dias 04 e 07 desse mesmo mês.

Clique aqui para ver os eixos da campanha unificada


Docentes durante votação no 34º Congresso do ANDES