CNG/ANDES-SN realiza manifestação na Capes, em Brasília

  • Reading time:2 mins read

Marcando os 83 dias de greve nas Instituições Federais de Ensino, representantes do Comando Nacional de Greve do ANDES-SN realizaram na manhã desta terça-feira (7) um ato em frente ao prédio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Ministério da Educação, para solicitar, novamente, uma audiência com o presidente da entidade, Jorge Guimarães. Duas correspondências já haviam sido enviadas à entidade, que não se manifestou ao CNG.
Os docentes solicitam que a Capes reconheça o momento de excepcionalidade da paralisação e suspenda os prazos relacionados à conclusão de dissertações e teses de bolsistas vinculados à instituição, relatórios de bolsistas de produtividade e de projetos de pesquisa e também editais concernentes ao trabalho acadêmico, pelo tempo que durar o movimento de greve dos docentes. Após mais de uma hora de manifestação bem humorada, com bandeiras, panfletagem, música e intervenção artística de uma dupla de clowns, uma comissão de professores foi recebida pela chefe de Gabinete da entidade, Cássia Mendes, e pelos diretores de Gestão, Fábio Vaz, e de Relações Internacionais, Denise Neddermeyer.
A chefe de Gabinete recebeu a carta em nome de Guimarães e disse o movimento grevista vem sendo acompanhado pela entidade. Cássia se comprometeu em encaminhar tanto a solicitação de audiência quanto a de revisão e reavaliação dos prazos ao presidente da Capes. Na avaliação do CNG do ANDES-SN, a atividade foi vitoriosa, pois conseguiu ser recebida por representantes do alto escalão da Capes e causar uma mobilização na entidade, no sentido de ter que se manifestar a respeito da greve dos professores, que teve início em 17 de maio. Confira aqui o documento entregue à Capes.

Fonte: ANDES-SN