Comissão do ANDES-SN contra perseguições a docentes é instalada em Brasília

  • Reading time:1 mins read

No dia 22 de março, foi instalada a comissão para acompanhar os casos de perseguição, assédio e repressão aos docentes das Universidades Públicas, Institutos Federais e Cefets.

Como foi deliberado no 37º Congresso do sindicato nacional, a Comissão é formada por três integrantes da coordenação do Grupo de Trabalho Política de Formação Sindical (GTPFS), três do coletivo jurídico e, em cada caso, representantes das seções sindicais ou das secretarias regionais envolvidas na denúncia levantada. Esses últimos serão responsáveis pelo levantamento, acompanhamento e denúncia dos casos de assassinatos, perseguições, investigações, judicializações e criminalizações de caráter político promovidos pelos aparelhos repressivos do Estado ou por grupos reacionários organizados dentro e fora das Universidades Públicas, Institutos Federais e CEFETs, com o fim de repressão e cerceamento da liberdade de pesquisa, de ensino, de extensão, de aprendizagem, de mobilização e de luta.

Leia mais.