Confira nota pública do Comitê em Defesa do HU

  • por

ALERTA À POPULAÇÃO DE JUIZ DE FORA
FECHAMENTO DE LEITOS E REDUÇÃO DO ATENDIMENTO AOS USUÁRIOS DO SUS NO HOSPITAL UNIVERSITÀRIO – UFJF

No início deste mês, a Universidade Federal de Juiz de Fora, veio a público anunciar a redução de quase 1/3 dos atendimentos do Hospital Universitário. No total, 50 leitos, o centro cirúrgico e o hospital-dia da Unidade Dom Bosco foram fechados e 33 especialidades médicas deixaram de ser oferecidas à população de Juiz de Fora e região. Segundo o reitor, esta medida se faz necessária porque o governo federal efetuou um corte de aproximadamente 54% do orçamento do hospital, que teria ficado sem recursos para custear despesas com funcionários. Ao mesmo tempo, são liberadas verbas para grandes obras nas Universidades, mostrando que não falta dinheiro nos cofres públicos, mas definição de prioridades.
Com o corte, mais de 100 trabalhadores terceirizados receberam aviso prévio e estão sendo demitidos, fragilizando ainda mais a já precária saúde pública na região e comprometendo o processo de ensino-aprendizagem na Universidade. Como se não bastasse, o Governo Federal ainda pressiona pela privatização do Hospital Universitário. Com isso, abre-se a possibilidade de se priorizar o atendimento a clientes de planos de saúde no HU, prejudicando o atendimento aos demais usuários do SUS, os estudantes e os trabalhadores do hospital.
No final de 2012, estes estudantes, trabalhadores e os professores que atuam no HU -UFJF disseram um sonoro não à privatização, em um plebiscito oficial organizado pelo Conselho Diretor do hospital, com mais de 80% dos votos contrários à privatização representada pela EBSERH – Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares. O Reitor da Universidade Federal de Juiz de Fora, empenhou sua palavra que irá respeitar a vontade da comunidade, referendada no plebiscito realizado.
O Comitê em defesa do HU segue exigindo que as autoridades solucionem o problema, com restabelecimento financeiro do hospital, abertura imediata de concurso público pelo Regime Jurídico Único, e um Hospital Universitário público e gerenciado pela própria UFJF.
Conclamamos a Administração Superior da UFJF a liderar a resistência contra a tentativa do Governo de privatizar o HU da UFJF!

Comitê em Defesa do HU