Conheça ações do IF Sudeste MG no enfrentamento ao coronavírus

  • Reading time:4 mins read

A Apes vem promovendo a divulgação de diversas iniciativas que instituições federais de ensino estão realizando durante a pandemia, demonstrando a importância da pesquisa e do ensino públicos no país.

 É neste sentido que divulgamos hoje um painel de ações dos diversos campi do IF Sudeste MG, que está disponível no site do instituto,  tornando público um total de 29 iniciativas implementadas pela comunidade escolar da instituição no enfrentamento da pandemia. São diversas frentes que envolvem um total de 275 servidores e discentes e atinge um público de 96 mil pessoas. Grande parte das ações são realizadas em parceria com prefeituras, instituições de pesquisa e ONGs, reforçando a vocação e o compromisso público dos institutos federais com a sociedade brasileira.

Neste difícil momento em que sofrimento, dor e desigualdades se revelam como as principais mazelas brasileiras junto ao enfrentamento da pandemia que nos assola, o IF Sudeste MG realiza um conjunto de ações que demonstram a importância dos serviços públicos para a comunidade, além de visibilizar, em ações, o ideário de uma educação pública que cria relações emancipatórias entre as ações de pesquisa, ensino e extensão realizadas por professoras e professores dessa Instituição. As ações ressaltam a importância do IF Sudeste na região e indicam a necessidade premente da defesa da manutenção da oferta de uma educação pública, gratuita e de qualidade para todos e todas.

Ações

Pesquisa sobre o comportamento e dispersão do vírus, orientação e conscientização da população para prevenção e cuidado contra a infecção, produção e doação de equipamentos de proteção e higienização, são alguns dos tipos de atividades em andamento em 11 unidades do IF.

Uma das ações em andamento é a Campanha Solidária “Educação e Cidadania”, promovida pela Reitoria em parceria com a Fadepe e 10 campi. Com a criação de um fundo de arrecadação, a campanha conseguiu doar, até o momento, 400 cestas básicas e 1500 máscaras de tecido para a população em situação de vulnerabilidade social. Saiba aqui como contribuir. 

Outra ação da Reitoria foi a cessão de equipamento de análise de PCR à Emprapa de Juiz de Fora, que irá ampliar a realização de testes de Covid-19 ampliando os exames diagnósticos e aliviando o sistema de saúde da Zona da Mata Mineira. 

Do campus Santos Dumont, uma iniciativa da professora e engenheira mecânica Lívia Ávila,de produção de protetores faciais em impressora 3D, tornou-se um projeto de extensão e ampliou a ação para a produção também de  máscaras de tecido, aventais, pantufas e toucas, com distribuição gratuita entre profissionais de Saúde. 

Também no IF Santos Dumont, outro projeto de extensão atua na manutenção elétrica ou mecânica de equipamentos do Hospital de Misericórdia de Santos Dumont, para auxiliar neste momento de crescente demanda dos serviços de saúde. Além do exercício de cidadania, os bolsistas colocam em prática conhecimentos adquiridos nos cursos técnicos do IF: soldagem, hidráulica e pneumática, usinagem, ajustagem e planejamento de manutenção e materiais de consumo. 

Em Muriaé, estudantes do Curso de Tecnologia em Design de Moda estão produzindo máscaras de TNT, que são doadas à Prefeitura da cidade. Os itens serão doados para pessoas de baixa renda, através do serviço social da Prefeitura. A equipe, composta por 10 alunos, pretende produzir até 1.800 máscaras em TNT por semana, até a segunda quinzena de junho.

Conheça todas as outras iniciativas acessando o Painel de Ações