Consu da UFJF rejeita Future-se

04/09/19

Em reunião realizada na manhã de hoje, 4 de setembro, o Conselho Superior da UFJF rejeitou, por unanimidade, o programa ministerial “Future-se”.

A representante da APES na reunião, diretora Marina Barbosa, votou pela rejeição ao programa, conforme deliberação da assembleia docente realizada no dia 22 de agosto.

A decisão segue também a posição do ANDES-SN, que é contrário a um projeto que responsabiliza as instituições de ensino pelas capitalizações de recursos, livrando o Estado de tal responsabilidade e também incentiva o afastamento dos estudantes do desenvolvimento da pesquisa básica.  

Para a presidente da APES, “a posição do Consu é a única possível para manter a autonomia e o caráter público da Universidade. A rejeição ao programa Future-se é necessária para manter as condições de ter liberdade de pesquisar, aprender e ensinar, de realizar atividades de extensão gratuitas a serviço da comunidade. É assegurar o ensino superior como direito social”.

APESJF