Docentes do IF Sudeste MG se reúnem para debater ERE e Portaria 983

  • Reading time:2 mins read

Professores e professoras do IF Sudeste MG participaram, no final da tarde de quinta-feira, de uma reunião ampliada, em conjunto com as representações da APES e do Sinasefe. Em pauta, o Ensino Remoto Emergencial e a Portaria 983. O encontro contou com mais de 70 participantes. Como deliberações, foram constituídas duas comissões, uma para analisar os problemas apresentados pelo ERE no Instituto, outra para discutir a resistência à portaria 983. Os docentes também indicaram a redação de um documento a ser levado ao Reitor atual e à próxima administração, apontando os problemas do ensino remoto, além de solicitar à Pro Reitoria de Ensino do IF Sudeste MG a divulgação de um diagnóstico da experiência do ERE no Instituto.
Durante a reunião, professores e professoras puderam comentar os diversos problemas enfrentados no dia a dia do ERE e a gravidade da Portaria 983 que ataca a pesquisa e a extensão, e que podem transformar os institutos em instituições reprodutoras de conteúdo, os “colegiões”.
A realização da reunião, que teve a presença do advogado da APES, dr. Leonardo Castro, foi uma iniciativa do Fórum Intersindical, discutida também na assembleia da APES.