Docentes farão vigília e ato público na segunda-feira (28)

  • por

Os docentes das instituições federais em greve devem realizar atos públicos e grandes assembléias na próxima segunda-feira (28), quando acontece primeira reunião com o governo após a deflagração da paralisação nacional, em 17 de maio.

De acordo com nota divulgada pelo Comando Nacional de Greve (CNG) o dia 28 será uma data de suma importância no processo de negociação para a reestruturação a carreira docente. “Todas as seções sindicais devem marcar esse dia em vigília”, ressalta o CNG.

O comando orienta também que os professores realizem atos públicos articulados nos estados, preparatórios à Marcha Unificada dos Servidores Públicos Federais, que acontece no dia 5 de junho em Brasília.  As atividades também devem servir como forma de ampliar a mobilização e a articulação estaduais entre as diversas categorias.

As seções sindicais em greve devem organizar também caravanas para garantir uma grande participação do ANDES-SN na Marcha, que demonstre a força da greve dos docentes federais.

No dia 5 de junho, acontece também uma plenária pública e ampliada do Fórum Nacional das 32 Entidades dos Servidores Públicos Federais, na Esplanada dos Ministérios, quando será votado o indicativo de greve geral do funcionalismo federal a partir de 11 de junho.

Fonte: ANDES-SN