Docentes federais vão aderir à paralisação no dia 30

  • por

A Assembleia Geral, realizada nesta manhã (14) na sede da APESJF-SSind, deliberou pela adesão dos docentes da UFJF e do IF Sudeste MG ao Dia Nacional de Paralisação, marcado para 30 de agosto.

A APESJF-SSind convoca os professores a participarem da reunião da Comissão de Mobilização na próxima quarta-feira, dia 21 de agosto, às 18h, na sede da Seção Sindical. Na reunião, serão definidas estratégias de mobilização. A presença dos docentes é fundamental para o fortalecimento das atividades programadas para o dia 30.

A Seção Sindical também incentiva a participação da categoria nas reuniões da Frente de Lutas, que acontecem sempre às terças-feiras, às 18h, no Parque Halfeld. A Frente de Lutas articula representantes dos movimentos sociais e sindical de Juiz de Fora, e está empenhada na construção do Dia Nacional de Paralisação.

Pauta unificada 

O Dia Nacional de Paralisação foi convocado pelas centrais sindicais (CSP-Conlutas, CUT, Força Sindical, CTB, NCST, UGT, CGTB e CSB). A definição da data foi feita após balanço positivo da última paralisação nacional no dia 11 de julho, que contou com manifestações nos 27 estados do país.  O objetivo é pressionar o Governo Federal e o Congresso Nacional e avançar na conquista dos itens que compõe a pauta unificada.

Os eixos desta pauta, que vão ganhar novamente visibilidade no dia 30 de agosto e representam bandeiras históricas dos trabalhadores, são: redução do preço e melhor qualidade do transporte público; mais investimentos na saúde e na educação pública; fim do fator previdenciário e aumento das aposentadorias; redução da jornada de trabalho sem redução de salários; salário igual para trabalho igual, combatendo a discriminação da mulher no trabalho; fim dos leilões das reservas de petróleo; contra o PL 4330/2004, o PL da terceirização e da precarização; reforma agrária.

BANNER_FACE_PARALISACAO_30