Entidades sindicais se reúnem com a administração da UFJF

  • Reading time:3 mins read

Diretoras e assessoria jurídica da APES, e técnico-administrativos do Sintufejuf se reuniram com os representantes da Administração Superior da UFJF, reitor Marcus Vinicius David, a vice-reitora Girlene Alves da Silva e o Secretário Geral, Rodrigo de Souza Filho na última terça-feira, 13 de novembro. O encontro teve o objetivo principal de discutir o atual momento das instituições de ensino, e a necessidade de defesa do trabalho dos servidores públicos e da liberdade de cátedra.  Esta iniciativa é fruto de uma definição nacional, após reuniões das entidades sindicais nacionais com a ANDIFES, de discutir realização de ações comuns para esta defesa. As entidades nacionais pretendem realizar dias de luta “Em Defesa da Educação” nos dias 4 e 5 de dezembro, com duas frentes de ações principais: com paralisação e/ou mobilização nos estados e audiências Pública no Congresso Nacional – com uma mesa pela manhã com entidades e à tarde com uma grande conferência sobre Educação. “É importante promover ações que ultrapassem os muros da universidade levando a discussão sobre a Constituição Federal e ainda reafirmar nosso compromisso com a democracia”, ressaltou a diretora da Apes, Ana Mourão, que esteve presente na reunião.

Foram definidas estratégias para a construção de uma ação conjunta no dia 4 de dezembro, em torno do tema Constituição Federal: 30 anos e Democracia. Além disso,  os representantes sindicais informaram que está em processo de discussão, com as demais entidades de Juiz de Fora, a construção de ações para o dia 5 de dezembro, respondendo ao calendário nacional.

Orçamento

APES e Sintufejuf solicitaram à reitoria informações sobre o orçamento da universidade para o próximo período. O pedido segue a orientação do Setor das Federais, que indicou às entidades locais levantamentos sobre a composição da matriz real de orçamento das instituições. O objetivo é conhecer exatamente o peso da fonte 250 e o impacto das emendas parlamentares no orçamento e, assim, poder dimensionar melhor o recrudescimento orçamentário para 2019. A reitoria se comprometeu a enviar às entidades documentos referentes a esse cenário na UFJF.

 

Carreira e concursos

Com a preocupação de assegurar a aceleração de processos que dizem respeito aos direitos dos servidores federais da educação, foram apresentadas reivindicações quanto a aceleração do andamento dos processos de progressão, promoção e aposentadoria de docentes e TAE. Discutiu-se a tendência de um crescimento dessas solicitações, e a reitoria informou que está fazendo um levantamento desses pedidos. Foram discutidas alternativas para assegurar a realização de concursos, em especial para os técnico-administrativos. A reitoria afirmou que a questão já está sendo discutida no âmbito administrativo, com a avaliação da existência de vagas para possibilitar a publicação de edital.