Estudantes de do campus avançado de Governador Valadares acampam na Reitoria da UFJF

  • por

Estudantes do curso de Odontologia da UFJF do campus avançado de Governador Valares
acampam na reitoria em busca de solução para precarização do ensino

                Desde as sete horas da manhã desta segunda feira, 07 de março, cerca de 50 estudantes da faculdade de odontologia da UFJF/campus Governador Valadares estão acampados no prédio da Reitoria em Juiz de Fora, exigindo uma solução para os problemas enfrentados. O objetivo dos estudantes é permanecer acampados até que uma solução concreta seja oferecida, já que não há condições mínimas de funcionamento do curso. Segundo eles, a precarização das condições de ensino chegou a um limite, forçando os estudantes, do primeiro ao sétimo período, a entrar em greve.
De acordo com Iuri Ferraz, do sétimo período de odontologia, todos os cursos do campus avançado sofrem com a falta de condições, mas a situação da odontologia é mais grave. “Faltam insumos básicos como álcool. São utilizados materiais vencidos para, por exemplo, revelar uma radiografia. O curso funciona em três locais diferentes, que são distantes um do outro, que, por funcionarem em prédios alugados, só podem ser utilizados de segunda a quarta feira, restringindo horários de funcionamento. Situação que força a realização de cargas de ensino de doze horas, dificultando o aprendizado”. Ferraz relata que o estopim do movimento foi a falta de um laboratório de próteses no campus. “Porque isso impossibilita prosseguimento da maioria das disciplinas”.
Desde o início do curso, os estudantes conviveram com a incerteza de saber se haveria espaço e condições para a realização do próximo período, uma instabilidade que agora chegou a um ponto crítico. “Nós reivindicamos que, do quarto ao décimo período, que são as atividades laboratoriais, o curso seja realizado no mesmo local”.
Por volta das 16h, o Reitor em exercício, acompanhado de representante da comissão de transição, recebeu alguns estudantes para debater a situação. Até o fechamento dessa edição, a reunião ainda não havia terminado.

                A situação do campus de governador Valadares da UFJF é preocupante. O campus, criado no contexto de expansão das IFE pelo governo federal,  vem sendo negligenciado pela Administração Superior da UFJF, desde o reitorado de Henrique Duque. O protesto legítimo dos alunos do curso de odontologia anuncia que se faz necessário um enfrentamento responsável dos problemas do campus, cujas condições precárias afetam toda a comunidade acadêmica.