Governo deve enviar Reforma Administrativa em fevereiro

07/01/20

O presidente da república afirmou na segunda feira, dia 06 de janeiro, que pretende enviar a reforma administrativa ao congresso até fevereiro. A proposta quebra a estabilidade dos Servidores Públicos que adentrarem após  sua aprovação, além de estabelecer outras diretrizes como diminuição das carreiras e dificuldades de ascensão salarial.

A proposta deverá enfrentar a resistência de trabalhadores do judiciário, legislativo e executivo, além dos deputados e senadores da Frente em Defesa do Serviço Público, que conta com mais de 250 deputados e senadores.

“O governo segue atacando os trabalhadores e seus direitos. Existe uma falsa ideia de que os Servidores Públicos Federais  (SPFs) contam com privilégios, quando são eles que atendem a população em inúmeros e importantes serviços sociais e educacionais. O governo quer, no lugar de atacar a sonegação, a corrupção e desvios, desqualificar os SPFs e transferir mais uma vez a conta da crise para a classe trabalhadora”, disse Augusto Cerqueira da Direção da APES.

APESJF