Governo estadual determina fechamento de turmas em escolas públicas

  • por

Manifestações de alunos, professores e membros de comunidades atendidas por escolas estaduais foram realizadas essa semana em Juiz de Fora. Eles protestaram contra o fechamento de turmas determinado pelo governo do estado.

De acordo com a comunidade escolar, a extinção de turmas tem levado à criação de salas de aula compartilhadas por alunos de séries diferentes, com o mesmo professor. Eles também relatam casos de superlotação e falta de infraestrutura.

A Secretaria de Educação do Estado, por meio de sua assessoria, afirmou que não há impedimento legal para a junção de turmas, já que o ofício circular de 11 de janeiro de 2012 prevê a criação de turmas multisseriadas nos anos iniciais do ensino fundamental.

Em entrevista ao jornal Tribuna de Minas, a coordenadora da subsede do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE), Victória de Fátima de Melo, afirmou que o sindicato apóia a causa e, se necessário, entrará com uma ação judicial contra o estado.

Fonte: APESJF