Greve geral no dia 18 de agosto é indicada em Encontro Nacional de Trabalhadores e Trabalhadoras do Serviço Público

  • Post author:
  • Post category:noticias

Em encontro realizado nos dias 29 e 30 de julho, milhares de servidoras e servidores públicos indicaram o dia 18 de agosto para realização de uma greve geral do setor e um Dia Nacional de Lutas. O encontro teve o objetivo de preparar um Plano Nacional de Mobilização contra a Reforma Administrativa (PEC 32) e foi realizado de forma virtual. O evento contou com participantes de todos os estados brasileiros e, ao todo, foram inscritos 4.448 participantes, sendo 43% de servidoras e servidores municipais, 29% estaduais, 24% federais e 4% de outras categorias. Com transmissões ao vivo nas redes sociais, o encontro foi acompanhado por 15 mil pessoas.  

Rivânia Moura, presidenta do ANDES-SN, participou da plenária de abertura do segundo dia de evento. Para Rivânia, é de suma importância a disputa de narrativa sobre as reais intenções da reforma Administrativa e conscientizar a população acerca das suas consequências.  “As justificativas dadas para a aprovação da PEC 32 – pelo governo, mídia hegemônica e apoiadores -, de que irá acabar com os privilégios das e dos servidores públicos e que a crise do Estado é culpa das e dos servidores públicos, é um jeito de dividir a classe trabalhadora e isolar as servidoras e os servidores. Precisamos combater essa ideia, pois a PEC 32, se aprovada, irá acabar com unidades básicas de saúde, creches, escolas e universidade públicas, atingindo o conjunto da classe trabalhadora, que necessita desses serviços. Portanto, essa é uma luta da classe trabalhadora e precisa ser enfrentada por todas e todos no nosso país”, disse.

O manifesto final do encontro, com encaminhamentos, traz diversos pontos do que estão em jogo com a reforma Administrativa e como ela impactará a vida das e dos servidores públicos do Brasil. Para ler o manifesto na íntegra, clique aqui.

Informações: ANDES-SN e CSP Conlutas