Matéria do ANDES-SN expõe sufocamento de universidades com os cortes orçamentários do Governo Federal. Confira.

  • Reading time:2 mins read

O ANDES-SN acaba de divulgar uma matéria especial sobre o corte de R $1 bilhão, promovido pelo governo federal, no orçamento discricionário para este ano, o que inclui gastos com custeio e investimento nas universidades.

Segundo o texto, a medida trará prejuízos ao ensino, pesquisa, extensão e à assistência estudantil, com graus diferentes e sem critério conhecido.

“Do corte de R$ 1 bilhão, por exemplo, R$ 177,6 milhões atingem diretamente a assistência estudantil, destinada aos estudantes carentes, que representam mais de 50% dos matriculados, segundo dados da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes)”.

Somando-se ao corte, o Decreto 10.686/21 – que dispõe sobre as dotações orçamentárias primárias discricionárias-, bloqueou R$ 2,7 bilhões do orçamento do Ministério da Educação (MEC), atingindo as universidades federais em mais 13,89%. Lembrando que a pasta foi a que teve o maior bloqueio de verbas dentre os ministérios no Orçamento 2021.

A matéria traz uma radiografia da situação caótica que os cortes vão promover em várias instituições, incluindo a UFJF, ameaçando o funcionamento de muitas e com possibilidade de fechar as portas, como é o caso já anunciado da UFRJ.

Clique aqui para ler a matéria completa