“Ninguém é obrigado a deixar o Plano de Saúde do sindicato”

  • por

Como esclarecimento aos docentes a APESJF, divulga carta sobre seu plano de saúde:

Caro(a) Professor(a),

Devido aos vários pedidos de esclarecimentos feitos por professores(as) que pertencem ao Plano de Saúde (APESJF/Unimed), em relação ao Oficio Circular n° 1116/2013-PRORH, enviado pela administração superior da UFJF, por correspondência REGISTRADA URGENTE, com o seguinte assunto: “Informações sobre adesões ao novo Plano de Saúde Institucional”, esclarecemos que:

A referida correspondência, em seu parágrafo segundo, diz: “Ressaltamos que é obrigatória a adesão de todos os interessados em manter ou aderir ao novo plano de saúde institucional, independente de já possuírem ou não o plano de saúde UFJF/Unimed regido pelo contrato anterior.”
Devido à redação acima docentes estão questionando se são obrigados a sair do plano APESJF/Unimed e aderir ao plano UFJF/Unimed. Afirmamos que não. A escolha de sair do Plano da APESJF para o Plano da UFJF (ou qualquer outro plano) é de livre escolha do docente.
Lembramos que o Plano da Seção Sindical está fechado para novas adesões desde agosto de 2010. Portanto, os que se desligarem do Plano não poderão voltar. Comunicamos, também, que estamos em negociação com a Unimed para a reabertura do nosso plano a novas adesões. Dentro em breve, teremos novas notícias para todos os nossos sindicalizados.
Sem mais para o momento,

A Direção