PEC do orçamento de guerra aumenta dívida pública para salvar bancos

  • Reading time:2 mins read

Uma Nota Técnica publicada pela Coordenação Nacional da Auditoria Cidadã da Dívida (ACD) chama a atenção de Senadores e Senadoras para tentar evitar que medidas de grave impacto para o país tornem-se parte da Constituição Federal.

A Nota 3/2020 da ACD trata de um Substitutivo apresentado pelo senador Antonio Anastasia (PSDB/MG), que altera parcialmente o texto da PEC 10/2020, mas que mantém, essencialmente,o beneficiamento dos bancos em detrimento da sociedade brasileira. Entre as medidas mantidas, estão o uso do dinheiro público para compra de derivativos, créditos incobráveis e outros papéis podres existentes nas carteiras dos bancos, que se transformação em Dívida Pública.  O Banco Central assume este prejuízo, com ônus de 100% ao Tesouro Nacional. Mantém ainda a falta de transparência das operações, a subserviência do Banco Central à instituição privada BIS, e o repasse de trilhões aos bancos em detrimento da economia e das empresas geradoras de emprego no país.

Leia aqui a nota na íntegra