Prefeitura de Juiz de Fora e UFJF decidem retomar a indicação do uso obrigatório de máscaras a partir de hoje

  • Post author:
  • Post category:noticias

Entidades da Educação já teriam alertado sobre risco de nova onda de Covid-19

A prefeitura de Juiz de Fora decidiu retomar a indicação do uso obrigatório de máscaras a partir de hoje, dia 8 de junho de 2022, em instituições de ensino, equipamentos de saúde, transporte público, escolar, por aplicativo, táxis e em funerais. A medida foi tomada após o crescimento do número de casos e de contaminações por Covid-19, confirmados pelo monitoramento epidemiológico do município. Acesse o Decreto Municipal aqui.

Logo em seguida, a UFJF publicou uma nova portaria estabelecendo o uso obrigatório de máscaras nos ambientes acadêmicos e administrativos do campus da UFJF no município de Juiz de Fora. Em Governador Valadares, o uso é facultativo. Assim, a UFJF segue abrindo mão de sua autonomia, seguindo a orientação de uso facultativo de máscaras em Governador Valadares.

Em nota técnica publicada em abril, a Frente em Defesa da Educação já havia alertado a população da cidade para a falta de embasamento científico em relação à retirada da obrigatoriedade do uso de máscaras em Juiz de Fora. A nota foi debatida em live realizada pela  APES, que contou com a presença de Dina Faria e Lucas Ferrante. Os especialistas alertaram que uma nova onda devia ser esperada pelas autoridades públicas.

À época, Lucas Ferrante apontou que: “Nós, que realizamos o estudo e redigimos a nota técnica, não estamos só dizendo que não é o momento da retirada do uso de máscara, nós já estamos dando o alerta epidemiológico de uma nova onda de Covid-19, se adultos e crianças não estiverem usando máscara e vacinados.” 

Ações da APES  

A APES lançou na última semana uma campanha de conscientização em relação à pandemia de Covid-19, em contraposição às medidas de flexibilização adotadas pelos municípios, pelo Instituto Federal e pela UFJF. O instituto federal segue os protocolos municipais quanto à obrigatoriedade do uso de máscaras. Já na UFJF, o Conselho Superior retirou a exigência do passaporte vacinal para a comunidade acadêmica e tornou facultativo o uso de máscaras em suas dependências nas últimas semanas. A APES, em conjunto com demais entidades representativas, chamam a atenção para o fato de que a pandemia não acabou e que é importante manter os protocolos de segurança, com o objetivo de proteger a vida de todos, as condições de trabalho e a qualidade do ensino. 

A APES também se reuniu em 02 de junho de 2022 com a direção do Campus Juiz de Fora do IF Sudeste MG para debater a questão sanitária na instituição. A APES expôs, durante a reunião, sua posição de que os campi do IF Sudeste MG não deveriam renunciar a sua autonomia para a exigência do uso de máscaras em ambientes fechados, especialmente salas de aulas e laboratórios. Assim, não dependeriam de decretos municipais frente a eventuais surtos de Covid-19 localizados no campus. Confira matéria aqui.

Em assembleia realizada nesta segunda, 6 de junho, docentes da UFJF e do IF Sudeste MG aprovaram a continuidade da campanha da APES pelo uso de máscaras e pela atenção da comunidade universitária em relação à vacinação. Também a realização de um evento com nomes nacionais debatendo a atual situação da pandemia; a solicitação de reunião com as administrações das instituições para avaliação do cenário; a manutenção dos canais abertos da APES para recolher informações da base sobre os dados referentes à covid e a ampliação do diálogo com municípios para o desenvolvimento de campanhas de vacinação nas escolas.