Professores da Uerj entram em greve hoje

  • por

Os professores da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) entraram em greve nessa segunda. A decisão foi tomada nessa terça-feira (5) em uma assembleia docente que contou com a participação de cerca de 700 pessoas, entre professores, estudantes e servidores técnicos-administativos.

Após quase cinco horas de intensos debates, a votação sobre a greve foi feita em dois momentos. No primeiro, os docentes aprovaram por esmagadora maioria a greve na categoria, com apenas quatro votos contrários e uma abstenção.A segunda votação decidiu pela data de início da greve. A proposta de parar a partir da segunda-feira, 11/6, também foi aprovada por ampla maioria. A apuração foi feita por contraste.

A lista de presença da assembleia foi assinada por 298 professores. Ao assinar a lista, os docentes receberam um cartão amarelo que os identificou no momento da votação das propostas.

As reivindicações da categoria são: Dedicação Exclusiva já!; Recomposição salarial imediata de 22%; Retirada da representação do governo do estado no STF contra os triênios; e Regularização da situação trabalhista dos professores substitutos.

Apoio estudantil
Além da participação de servidores técnico-administrativos, que já se encontram em estado de greve, mais de 400 alunos, dos diversos campi da universidade, estiveram presentes na assembleia para apoiar a mobilização docente. Ao fim da assembleia, os estudantes realizaram ato público, com marcha pelas principais ruas do entorno da Uerj e, em seguida, uma reunião preparatória para a assembleia estudantil que acontecerá na próxima quarta (13/6).

Com informações da Asduerj

 

 

Fonte: ANDES-SN