Professores municipais paralisaram as atividades nesta quinta em Juiz de Fora

  • Reading time:1 mins read

Foi realizada em Juiz de Fora, na tarde desta quinta-feira, 23 de agosto, uma assembleia com paralisação dos professores da rede municipal, no Ritz Hotel. A categoria deliberou por exigir uma reunião imediata com a Prefeitura e por manter em pauta um indicativo de greve.

A pauta dos docentes incluiu a revogação do artigo 9º da Lei 13.012, reajuste único para todos os educadores e reestruturação da tabela de cargos e salários. Este permite ao Município conceder reajustes diferenciados nas situações em que os salários dos professores municipais da base da carreira estiverem abaixo do piso nacional da categoria.

Os profissionais do magistério pleiteiam a aplicação do reajuste de 6,81% no IPCA. A reivindicação segue o valor de correção definido pelo Ministério da Educação (MEC) para a atualização anual do piso nacional do magistério, percentual que incidiu a partir de janeiro.