Reitor da Universidade Prebisteriana Mackenzie é o novo presidente da CAPES

  • Reading time:1 mins read

O reitor da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Benedito Guimarães Aguiar Neto, foi nomeado, nesta sexta-feira, presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).
O novo presidente ficou conhecido em maio de 2019 quando censurou a realização de um debate, que discutiria a reforma da Previdência, sob a acusação de que seria um evento partidarizado. O debate, organizado pelos alunos, aconteceria na Universidade Presbiteriana Mackenzie e teria a participação de Guilherme Boulos (PSOL), coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). A preferência de Bolsonaro já havia ficado explícita durante a crise causada pelo contingenciamento das verbas da educação, que levou a cortes de bolsas de pós-graduação da Capes e do CNPq, quando citou a Mackenzie como exemplo de universidade que faz pesquisa no Brasil, em detrimento das públicas.
No entanto, segundo dados da própria CAPES, 95% das pesquisas no país são realizadas em Universidades Públicas.