Roberto Leher participa de debate em Juiz de Fora

  • por

                   Na quarta feira, a Faculdade de Educação da UFJF foi palco da plenária de Juiz de Fora que prepara para os Encontros Estadual e Nacional e de Educação que o ANDES promove em conjunto com várias entidades de Defesa da Educação. O evento teve a presença do professor Roberto Leher, da UFRJ, que defendeu a união de todos os segmentos da classe trabalhadora em torno de uma pauta única e consensual para fazer frente aos ataques, cada dia mais  coordenados, do mercado, que tenta a todo custo ditar os rumos da educação brasileira, seja na educação básica, passando pela graduação até a pós graduação nas Instituições Federais de Ensino (IFE).
Ele defendeu a realização do Encontro Nacional que vai se dar em 8, 9 e 10 de agosto, no Rio de Janeiro, como um importante momento para estabelecer um diálogo amplo com todos os setores que defendem a educação, sejam eles ligados diretamente ou não às atividades de ensino, pesquisa ou extensão.
Leher chamou a atenção para a união das classes dominantes em torno do projeto “Todos pela Educação” e sua estreita vinculação com o atual Plano Nacional de Educação (PNE), aprovado recentemente pelo Congresso Nacional. Os objetivos desse projeto, financiado por corporações e bancos, que em sua opinião, atuam como um verdadeiro partido, seria o de promover uma certa “qualidade” de educação voltada para o mercado, com métodos passíveis de serem medidos e aferidos de modo quantitativo.
Ele apontou as diversas estratégias, utilizadas por esse sistema dominante, que estabelecem a promiscuidade entre público e privado em projetos como o Fies e Prouni ou nas formas aligeiradas de educação, frutos de expansão sem investimento, como o Reuni e o Pronatec. Dentro do ensino superior, falou do aprofundamento das IFE como prestadoras de serviço ao mercado, em detrimento de sua função estritamente de produção do conhecimento. Tudo isso em contraposição a uma educação conscientizadora e transformadora, defendida pelos Movimentos Sociais no país.

               Presentes à plenária, representantes da Anel, da CSP Conlutas, SindUTE, Sintufejuf, Apes e Andes. Nas falas as entidades ressaltaram a importância da construção do Encontro Nacional de Educação como um espaço de amplo debate da educação e que, para isso, é importante o trabalho militante para garantir uma expressiva participação.

Endereços eletrônicos de contato do evento:
www.facebook.com/2014ene
ene2014.wordpress.com

Na semana que vem, na APESTV, entrevista com o Roberto Leher.

Fotos da Plenária Juiz de Fora preparatória para o Encontro Nacional sobre Educação realizada na Faculdade
de Educação da UFJF