TAES da UFJF e do IF Sudeste MG aprovam suspensão da greve e retorno ao estado de greve a partir de 2 de maio

  • Reading time:3 mins read

Em assembleia realizada nesta quinta-feira, 28 de abril, servidoras e servidores técnico-administrativos em educação aprovaram a suspensão da greve da categoria, com retorno ao trabalho integral a partir de segunda-feira, dia 2 de maio, e manutenção da situação de estado de greve. 

              Segundo Flávio Sereno, coordenador geral do Sintufejuf, a decisão foi proposta pelo Comando de Greve e aprovada por unanimidade. “No plano nacional, a avaliação foi que não há uma perspectiva de curto prazo de ampliação do movimento de greve. A Fasubra agendou plenária para o mês de junho. E outras entidades do Fonasefe estão com datas diversas ao longo da segunda quinzena de maio para frente. Então, nessa avaliação de uma falta de perspectiva do crescimento da movimentação grevista no plano nacional, aliada à conclusão das negociações das pautas locais na UFJF e no IF Sudeste MG, o Comando de Greve propôs e a assembleia aprovou por unanimidade essa suspensão, permanecendo em estado de greve, acompanhando a evolução do cenário nacional e participando das agendas de luta”.

              Pautas

              Os TAE da UFJF e do IF Sudeste MG estavam em greve desde o dia 23 de março, seguindo orientação Fasubra em consonância com Fonasefe e Fonacate. O movimento grevista buscou realizar um movimento unificado para exigir a abertura de negociação do reajuste salarial das servidoras e servidores públicos federais. As entidades reivindicam a recomposição salarial de 19,99%, índice correspondente apenas às perdas inflacionárias relacionadas ao período do atual governo.

              No âmbito local, o Comando Local de Greve concluiu as negociações da pauta com as reitorias da universidade e do instituto federal. No âmbito do IF Sudeste MG, o Sintufejuf considerou que houve avanços importantes quanto à regulamentação do teletrabalho e nos novos planos de flexibilização da jornada de trabalho. Na UFJF, foi conquistada a retomada dos trabalhos da comissão que vai propor a regulamentação da abertura das reuniões do conselho superior, a retomada plena dos horários e trajetos do transporte, a construção de espaço institucional para debate acerca do assédio moral e a implementação de projeto da COSBE/SIASS no Hospital Universitário. 

Confira cobertura do Sintufejuf aqui