UFJF paralisa aulas em GV, coletivos realizam campanha de arrecadação para desabrigados

  • Reading time:2 mins read

A Universidade Federal de Juiz de Fora paralisou, até sexta-feira, as aulas no campus avançado de Governador Valadares, em razão da gravidade dos efeitos que a chuva tem causado na cidade, que apresenta inundações de ruas e bairros com riscos para a segurança de estudantes, professores e TAEs. Uma nota foi divulgada nesta quarta-feira, 12 de janeiro, informando que “as aulas do campus GV estão suspensas neste momento de forma emergencial. A UFJF está monitorando de forma atenta a situação buscando possibilitar o retorno à normalidade no menor tempo, garantidas as condições sanitárias e de segurança de toda a comunidade”. As atividades administrativas seguem em trabalho remoto.

O site da UFJF informa que situações específicas de atendimentos agendados podem ser esclarecidas junto à coordenação administrativa, pelo endereço eletrônico coordadm.gv@ufjf.edu.br.

Inundações

A alta do Rio Doce tem causado muitos transtornos para Governador Valadares. A prefeitura informa que seis mil pessoas estão desalojadas e noventa e três estão desabrigadas, por conta das inundações.

Em Juiz de Fora, pontes sob o Rio Paraibuna foram temporariamente interditadas em decorrência das chuvas e vários bairros na zona norte da cidade, que se situam à beira do rio, tiveram inundações. Quedas de barrancos ameaçam casas em bairros mais altos e pequenos córregos transbordam invadindo casas.

O quadro se repete em todo o estado, onde cerca de 145 cidades estão em situação de emergência, desde o início de outubro, com 9 pessoas mortas. Pessoas estão sendo resgatadas e atendidas via helicóptero em comunidades como Conceição do Ibitipoca, já que se encontram isoladas devido às condições da estrada.

 Campanha

Os coletivos Deck /Deck Arte / Festival da Diversidade, em conjunto com outras entidades, estão realizando uma campanha de doações aos atingidos pelas chuvas em Governador Valadares, mais especificamente famílias da região de São Pedro e Santos Dumont. O posto de coleta fica na Estação Pedra Negra, avenida Brasil 2738 (Cáritas). Repasses também podem ser feitos via PIX – 33999347437 – Danilo Nunes Fernandes