UFJF responde ofício do SINTUFEJUF, APES, DCE, UNE e UEE e defende adiamento do ENEM

  • Reading time:2 mins read


Em resposta ao ofício assinado pelo SINTUFEJUF, APES, DCE , UNE e UEE, a reitoria da Universidade Federal de Juiz de Fora manifestou a preocupação com a manutenção do calendário do Exame Nacional do Ensino Médio, ENEM, defendendo o imediato adiamento das provas em função da pandemia do novo coronavírus. A UFJF informou também que irá adiar os módulos I, II e III do Programa Ingresso Seletivo Misto (PISM). O ofício foi entregue pelas entidades na última quarta-feira, 13 de maio.
Conforme a instituição, a realização das provas em novembro prejudicaria os estudantes do ensino médio e outros candidatos em situação de vulnerabilidade socioeconômica.
Em relação ao PISM, a universidade informou que está acompanhando as mudanças nos cenários nacional, regional e local, que indicarão a possibilidade de apresentação e ampla divulgação de novas datas.
A decisão leva em consideração o agravamento das desigualdades socioeconômicas, o aumento do desemprego e a falta de equidade nos processos educativos em que os estudantes de diferentes redes de ensino estão inseridos, desencadeados a partir da pandemia do novo coronavírus.