Justiça do Trabalho suspende privatização da Eletrobras

08/06/18

A Justiça do Trabalho do Rio de Janeiro suspendeu por 90 dias a privatização de cinco distribuidoras da Eletrobrás. A decisão, tomada na terça (5) a partir de ação movida pelo Sindicato dos Eletricitários do Rio de Janeiro (Sintergia), exige da Eletrobrás e das distribuidoras um estudo sobre os impactos da privatização nos contratos de trabalho. Atualmente, a Eletrobrás possui 11.405 trabalhadores, sendo 6.277 contratados diretamente e 5.128 terceirizados.

Clique aqui para ler a matéria completa