Docentes da Uerj suspendem greve

  • Reading time:1 mins read

Após o governo do estado do Rio de Janeiro pagar parte dos salários atrasados de 2017, os docentes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) decidiram, em assembleia realizada na última quarta-feira, 17 de janeiro, suspender a greve. Com o 13º salário e bolsas ainda em atraso, porém, o movimento decidiu se manter em estado de greve.

Os docentes da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) e da Universidade Estadual da Zona Oeste (Uezo) devem avaliar a continuidade do movimento paredista em assembleias nos próximos dias.

Leia aqui a matéria completa publicada pelo ANDES