Intersindical não vai participar da Comissão PID RID no IF Sudeste MG, já que esta toma por base a Portaria 983

  • Reading time:2 mins read

O Fórum Intersindical, que reúne Sintufejuf, Sinasefe e APES, como entidades representativas de Docentes e Técnicos Administrativos no IF Sudeste MG, enviou, ao Conselho Superior do Instituto, carta explicando a não participação dos representantes sindicais na comissão PID/RID,  já que esta toma por base a Portaria 983.

Segundo a carta, “a Portaria 983 do MEC, de 18 de novembro de 2020, é um ataque substantivo à carreira EBTT e à oferta de uma educação profissional, técnica e tecnológica de qualidade da qual os Institutos Federais construíram e fazem parte, pois além de estabelecer um número mínimo de 14 horas em sala de aula e retirar o limite máximo, introduz o controle de frequência eletrônico e estimula o alargamento da oferta de ensino a distância para as atividades de ensino praticadas pela rede”

Ainda segundo o documento, a portaria tem, não apenas a resistência das entidades representativas, mas também no Conif e de parlamentares que lutam por sua retirada. Assim, “reconhecemos que qualquer atividade institucional que assimile as indicações da portaria fere a nossa luta em tentar suspendê-la”, diz a carta.

A intersindical fez ainda um pedido de inclusão de pauta, visando discutir a portaria 983 na reunião do CONSU de 08 de abril, com a participação do advogado da APES, Leonardo Castro.

Clique aqui para ler a carta