Pandemia e Política: Apes entrevista Grupo de Trabalho de Governador Valadares

  • por

Nesta entrevista da série Pandemia e Política, conversamos com o Grupo de Trabalho Extraordinário do campus Governador Valadares constituído em 16 de março de 2020. Este Grupo tem como objetivo organizar as ações de combate à COVID-19 no campus através de deliberação de ações administrativas, contato com os órgãos locais da cidade e avaliação periódica da situação da pandemia no país e na região. Participam do grupo: Profa. Dra. Alexandra Paiva Araújo Vieira (Departamento de Ciências Básicas da Vida da UFJF/GV) , Profa. Dra. Andréia Cristiane Carrenho Queiroz (Departamento de Educação Física e Gerente de Graduação da UFJF/GV); Prof. Dr. Bruno Augusto Maciel Guedes (Departamento de Ciências Básicas da Vida da UFJF/GV); Enfermeira Érica Barbosa Magueta Silva (Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor Federal – SIASS-GV); Prof. Dr. Fabio Alessandro Pieri (Departamento de Ciências Básicas da Vida e Coordenador Acadêmico da UFJF/GV); Enfermeiro Guilherme de Andrade Ruela (Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor Federal – SIASS-GV).

Confira a entrevista.

1 – Quando foi deliberada a suspensão das atividades presenciais na UFJF, foi estabelecido no Campus de Governador Valadares o Grupo de Trabalho Extraordinário (GTE) com o objetivo de organizar as ações da Universidade frente à COVID-19. Em avaliação preliminar o grupo manifestou preocupação em relação a uma possível subnotificação dos casos na cidade. Como está a situação atualmente em relação ao número de casos e às ações de prevenção em GV?

O município de Governador Valadares notificou o primeiro caso em 25 de março de 2020, e apresentou 740 casos suspeitos de COVID-19 até 14 de abril de 2020. Setenta e sete casos e 6 óbitos foram descartados. Dois óbitos ainda estão em investigação. Seis casos foram confirmados laboratorialmente, dos quais 2 evoluíram à óbito. Nesse período, o município oficializou a criação de um Comitê Municipal de Enfrentamento ao COVID-19, com participação de docentes da UFJF-GV. O município vem trabalhando na adequação de fluxos de atendimento de Síndrome Gripal e Síndrome Respiratória Aguda Grave, elaboração do Plano de Contingência, ampliação de leitos de UTI´s, capacitação dos profissionais, reorganização da Atenção Primária à Saúde no contexto da COVID-19, adequação às modificações frequentes propostas pelo Ministério da Saúde na coleta de dados e sistemas de informação utilizados, comunicação de risco, vacinação da gripe (atendendo neste primeiro momento, os idosos e profissionais de saúde).

2 – Como tem se dado a atuação do GTE no combate à COVID-19 na cidade?

Considerando a PORTARIA/SEI Nº 432, DE 26 DE MARÇO DE 2020, que institui o Grupo de Trabalho Extraordinário (GTE) para assessorar a Direção Geral do Campus de Governador Valadares para as questões relacionadas à pandemia de doença infecciosa viral respiratória causada pelo agente coronavírus (COVID-19), são especificadas as seguintes atribuições ao GTE:

  • Acompanhar o cenário da pandemia de doença infecciosa viral respiratória causada pelo agente coronavírus (COVID-19) no país, estado e região do Vale do Rio Doce;
  • Propor ações para o enfrentamento à pandemia no âmbito da UFJF- campus GV;
  • Elaborar notas técnicas, materiais informativos, entre outros relacionados à COVID-19, para divulgação em meio institucional e demais mídias sociais;
  • Indicar temas relacionados à COVID-19 para elaboração de conteúdo informativo de relevância institucional e local;
  • Identificar parceiros e recursos na comunidade acadêmica que possam potencializar as ações de enfrentamento à pandemia;
  • Analisar tecnicamente conteúdos informativos relacionados ao COVID-19 produzidos pela comunidade acadêmica;
  • Articular com demais seguimento da sociedade ações de enfrentamento à pandemia;
  • Colaborar com apoio técnico às ações de enfrentamento ao COVID-19 no município e na Superintendência Regional de Saúde de Governador Valadares;
  • Receber dúvidas, sugestões e demandas relacionadas ao COVID-19;
  • Realizar outras ações a serem definidas pela Direção Geral do campus de acordo com as prioridades locais.

Para contato com o GTE disponibilizamos o email:  direcaogeral.gv.covid@gmail.com

3 – Existe em Governador Valadares um Sistema de Comando de Operações(SCO), que integra alguns órgãos públicos que atuam na cidade, como a Polícia Militar e os Bombeiros, bem como representantes do comércio. Qual têm sido a avaliação do GTE em relação a atuação do SCO na cidade?

O GTE reconhece a importância do SCO no município, promovendo uma discussão integrada com os diversos setores do município e universidades locais, e com isso tem buscado um alinhamento nas ações de enfrentamento ao COVID-19.

4 – Como o GTE tem atuado dentro do Sistema de Comando em Operações?

A UFJF-GV tem participado das reuniões e discussões do SCO, presencialmente, pelo Diretor Peterson Andrade, que reúne informações e demandas do município identificadas após cada sessão. Estas demandas são repassadas ao GTE que estabelece discussões e implementa ações que visem atender estas necessidades, especialmente no âmbito informativo e educacional a respeito de temas relacionados a aspectos da COVID-19.

5 – Qual a disposição de recursos que os laboratórios do Campus-GV têm para a realização de testes da COVID-19?

Alguns laboratórios do Campus possuem os equipamentos necessários, como equipamentos para execução de RT-PCR para detecção do SARS-CoV-2, entretanto, a infraestrutura física desses laboratórios não se adequam aos padrões de Biossegurança exigidos pela FUNED, sendo impróprios para manipulação de amostras deste novo coronavírus. Desta forma, o Campus de Governador Valadares da UFJF não possui infraestrutura mínima para realização de testes para COVID-19.

6 – Com relação à comunidade acadêmica, quais ações vêm sendo tomadas na perspectiva de garantir regimes trabalho remoto para TAEs e bolsistas e como têm sido concretizadas ações em relação à assistência estudantil?

No dia 20 de abril de 2020 foi disponibilizado no site da UFJF-GV a descrição de como ficariam os serviços administrativos ligados a Direção Geral do campus Governador Valadares, incluindo os serviços relacionados com a assistência estudantil: https://www2.ufjf.br/noticias/2020/03/20/confira-o-funcionamento-dos-setores-ligados-a-direcao-geral-do-campus-gv/

Em relação ao regime de trabalho remoto para os TAEs vinculados à Direção Geral, a maioria dos setores tem planejado, organizado e registrado o trabalho remoto com auxílio do sistema GP WEB para tramitação de projetos, tarefas e rotinas de trabalho. Esse é o caso dos setores: Secretaria Geral, Gerência Administrativa e Financeira, Coordenação Acadêmica (Pesquisa, Extensão, Pós-graduação) Gerência de Graduação (Graduação, Estágio, Apoio Estudantil – Psicologia, Pedagogia e Assistência Social), Recursos Humanos e SIASS, Gerência de Infraestrutura (Manutenção e Projetos, Transporte, Almoxarifado e Patrimônio), Núcleo de Tecnologia da Informação, Suprimentos, Arquivo e Comunicação, Cultura e Eventos.

Em relação à assistência estudantil, os serviços aos estudantes têm sido mantidos de forma remota (com utilização de e-mail institucional, telefone, videoconferência, SIGA e SAU) em consonância com a Pró-reitoria de Apoio Estudantil. Está sendo realizado de forma presencial apenas ações que não podem ser feitas de forma remota, como recebimento e entrega de documentos de estágio (apenas documentação de acordo com OFÍCIO/SEI Nº 88/2020/SEC-PROGRAD, de 9 de abril de 2020), recebimento de documentos para solicitação de apoio estudantil, quando necessário.

Ainda em relação à assistência estudantil, o Restaurante Universitário está funcionando no campus Governador Valadares com o sistema de entrega de marmitas, na unidade do Centro. Ressaltando que esse serviço vem sendo realizado seguindo regras específicas de acordo com as ações de enfrentamento da pandemia.

7 – Que outras ações o GTE pretende tomar no âmbito da UFJF-GV e em Governador Valadares?

O GTE pretende ampliar a articulação entre a universidade, o município e a Superintendência Regional de Saúde, atendendo demandas técnicas como capacitações e divulgação do material produzido pelo campus (em formato de vídeo) para utilização nas unidades do sistema de saúde e pelas emissoras de TV local.

Além de intensificar o compartilhamento de saberes entre a comunidade acadêmica, neste momento de distanciamento social, o GTE pretende continuar promovendo uma interação entre os diversos setores/departamentos do campus, relacionando suas principais habilidades e competências ao enfrentamento da pandemia.

Além disso, será elaborado um boletim informativo das ações de enfrentamento ao COVID-19 realizadas pelo Campus GV para divulgação entre as autoridades regionais.