Reunião debateu CSP – Conlutas em Juiz de Fora

  • por

Nos dias 17 e 18 de abril, a APES sediou a reunião da Regional Leste do ANDES-SN. A mesa de abertura contou com a participação de Paulo Barela,  da CSP Conlutas, da professora Marina Barbosa da UFJF, da professora Sônia Lúcio, da Universidade Federal Fluminense, e do professor Paulo Rizzo, Presidente do ANDES-SN. O encontro traçou o cenário econômico mundial e nacional de crise, de ataques aos direitos dos trabalhadores, realizou um histórico da formação e cisão da Central Única dos Trabalhadores e debateu a importância de uma central independente, que fale direto à realidade dos trabalhadores, além das estratégias para o enraizamento da CSP Conlutas na base do Sindicato Nacional.
        Paulo Barela traçou um histórico da criação e dos problemas da Central Única dos Trabalhadores e da criação da CONLUTAS, em seus diversos momentos até os dias de hoje. Ele afirmou ser o ANDES protagonista dentro da central e exaltou a necessidade de participação no próximo congresso da CSP. Marina Barbosa também realizou um resgate histórico das lutas sindicais e lembrou que a CSP foi importante durante a greve docente de 2012 e durante os ataques ao direito de  representação do Sindicato Nacional. “A central nos ajuda a pensar como  totalidade dos trabalhadores. Precisamos acumular mais para que possamos sempre estar conectados com as condições objetivas da base”, disse. Sônia Lúcio ressaltou a necessidade de colocar o debate sobre a questão da educação na pauta principal da CONLUTAS. Paulo Rizzzo apontou o projeto de Terceirização em debate no Congresso como a tentativa de transformar o trabalhador em empreendedor e lembrou que uma  central forte também é  importante no momento de descenso das forças da classe trabalhadora. Ele também exaltou a CSP como uma central de entidades, onde há maior possibilidade de participação do ANDES.

Clique aqui para ver matéria da APESTV sobre o evento