Indicativo de greve será discutido no Congresso

  • por

A reunião do Setor das Federais, realizada no dia 14 de dezembro em Brasília, debateu a campanha salarial de 2014 e a possibilidade de um indicativo de greve em conjunto com os Servidores Públicos Federais para o primeiro semestre de 2014, caso o governo se negue a negociar. O professor Agostinho Beghelli esteve em Brasilia como representante da APESJF. Para ele, é importante que os docentes fiquem atentos às notícias do Congresso. “O setor indicou a discussão desse indicativo para o Congresso do ANDES, que se realiza em fevereiro em Fortaleza. Por isso, é importante que professores e professoras acompanhem as discussões e participem das assembleias”, disse.

Confira abaixo as deliberações retiradas do relatório do ANDES-SN

a) Concordar com a inclusão do novo ponto de pauta, no sentido de facilitar a unificação da campanha conjunta dos SPF, em 2014;
b) Reafirmar a nossa pauta dos docentes exigindo negociação, uma vez que o governo não negociou e continua se negando a negociar;
c) Destacar, na campanha 2014 dos SPF, o item de pauta que exige a definição de política salarial que reponha as perdas, tomando medidas para forçar o governo a cumprir a revisão geral anual dos salários prevista na Constituição.

Clique aqui para baixar o relatório do Setor das IFES

Logo após, no dia 15 de dezembro, a representação docente participou da reunião da Plenária do Servidores Públicos Federais.

Clique aqui para ler o relatório da plenária