Vidas Precárias e LGBTQIfobia no contexto da pandemia: a necropolítica das sexualidades dissidentes

18/05/20

No dia seguinte ao Dia Internacional de Luta contra a LGBTQIfobia, a APES dá continuidade a série de artigos “Pandemia e Política” com a publicação do texto Vida Precárias e LBTQIfobia: a necropolítica das sexualidades dissidentes, de autoria do Professor Doutor Marco José de Oliveira Duarte, da Faculdade de Serviço Social da UFJF e do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da UFJF e da UERJ. Conforme o autor, o objetivo do artigo é problematizar elementos que afetam historicamente os sujeitos LGBTQI+ , mas que, no contexto da pandemia do coronavírus, se intensificam, agravando suas vidas precárias e vulnerabilidades.

O Professor Marco José é Coordenador do Centro de Referência de Promoção da Cidadania LGBTQI+ (CeR-LGBTQI+) e do Grupo de Estudos e Pesquisas em Sexualidade, Gênero, Diversidade e Saúde: Políticas e Direitos (GEDIS/CNPq). Bolsista Produtividade do CNPq e membro da diretoria da Associação Brasileira de Estudos da Homocultura (ABEH).

Acesse aqui o artigo completo

APESJF